Descomplicando relacionamentos.

Algumas pessoas têm a sensação de repetir os mesmos padrões em relacionamentos afetivos. Como se os cenários e os personagens mudassem, mas com um roteiro muito similar. Você comete os mesmos erros, a outra pessoa faz a mesma coisa que outros já fizeram “contra” você. Brigas, atritos, desentendimentos, mágoas e dramas. Se esse cenário se repete em sua vida, você pode pensar que o problema está em você? E é a pura verdade!

Entenda, a causa do problema ESTÁ, não É você. Aquela situação vivida, que você jurou que nunca mais passaria novamente, mesmo com os aparentes aprendizados, tende a se repetir. Se você não muda, nada muda, certo? Em parte sim. Fazer nossa parte é fundamental, ser responsável por nossas escolhas, por aquilo que alimentamos. No entanto, partes suas não absorveram muito bem as lições vividas e continuam vivendo naquele cenário do passado. Então quando você vive uma cena parecida, do seu subconsciente emerge toda aquela experiência de sofrimento. Um momento que poderia ser facilmente vivido, acaba virando uma cena de novela mexicana.

E isso ocorre em todas as relações, não somente no relacionamento a dois. Nas relações familiares, profissionais, com os amigos, e especialmente com você. Seu pai que só pode ter sido seu inimigo em outra vida, seu chefe que veio do inferno para lhe perseguir, o preço que você ainda paga por ter jogado pedra na cruz… Por enquanto, vamos tirar de tudo isso o peso dos condicionamentos culturais e religiosos. Hoje você se sente mais seguro, senhor/senhora de si mesmo. E apesar dos pesares, ainda parece ganhar os mesmos papéis nessa novela chamada vida.

O Resgate de Fractais de Alma (RFA) tem a função de desligar esses papéis. Os fractais de alma são memórias com emoções, os personagens que continuam presos nas mesmas cenas. Já pensou quantos papéis você já interpretou? Ao longo dessa e de outras vidas? Os cenários mudam, os atores mudam (nem sempre), você muda (é a meta), então pra quê viver sempre o mesmo papel?

JP Paixão
Facilitador de RFA